Translate

Pesquisar este blog

Follow by Email

Total de visualizações de página

MEU TRABALHO COM MÚSICA!...CLIQUE NA IMAGEM!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

ALEGRIA SEMPRE...


"Exercite a alegria até o último milímetro de sua estrutura e quando embarcar na depressão... recicle o lixo da tristeza e converta em inspiração... para que a poesia seja um refúgio para você se abrigar nas tempestades".Márcio Arruda

quinta-feira, 11 de abril de 2013

QUANDO SE ESTÁ ALIENADO...

Quando se está alienado quanto a influencia da mídia, cultura, ou seja qual assunto for... é quase impossível perceber o quilate de um talento que não seja consagrado, visto que é impossível perceber algo quando estamos surdos e com as costas viradas para os valores captados por nosso radar subjetivo.Mesmo O homem mais sábio do planeta, sem visibilidade e reconhecimento... seria mais um alienígena na terra. SE na sua verdade você for único a apreciar algo ou alguém... filie-se ao partido do seu "eu", empine o sonar de sua certeza e não deixe o cerol que te faz marionete, cortar a grandeza dos seus sonhos. .Márcio Arruda

RESPEITAR ESCOLHAS

Amizade também é respeitar escolhas, é permitir que o outro ame aquele que você está em conflito, é compreender que as vezes o abominável pra você é o apreciável para o outro, e que é possível amar mesmo diante de divergências, por que quem ama não impõe o que o seu coração pulsa, mas releva o que o outro sente. Marcio Arruda

domingo, 24 de março de 2013

SOU MAIS QUE UM LAUDO

Não é deste choque que o meu corpo precisa!
Não é desta droga!... Que a minha alma necessita.
Sou mais... bem mais, que o que ninguém vê.
Digo que não preciso, mas sempre me é... indispensável.
As vezes não estou aqui, por que vejo sombras que não se importam;
Sussurros que não consigo entender;
Suposições que apenas etiquetam o que convém.
Sou surto, sou gemido, um som esquecido.
Sou verso? Um laudo? Um louco perdido?
Talvez um leito que precise de uma dose de atenção;
Um menino perdido que suplica por cuidado;
Um fantasma que se faz de lunático... para esconder o que faz enlouquecer.
Talvez as agulhas que me furam, estejam infectadas com o caos do invisível;
E a sobra do meu juízo internalize o que restou daquilo que eu fui.
Imputável: é o sóbrio ser humano que me ignora e foge;
E inimputável sou eu... que me agarrei no braço estendido da justiça...
Mas ela me enganou... e me dopou mais uma vez!...Márcio Arruda

SUPERFICIALIDADE DAS RELAÇÕES


As pessoas ficam preocupadas em legitimar a autenticidade das atitudes dos outros, quando poderiam usar este tempo em poder estender a mão a quem precisa de apenas um tempo com você. A falta de atenção e a superficialidade das relações tem levado muitos... a envergonhar-se e até atentarem contra a própria vida, ou mesmo adoecerem por terem a sua voz interior calada pela velocidade das coisas diante da pressa que impede a precisão de uma alma caridosa. Muitos tiram o corpo fora, inclusive eu em alguns momentos... mas todos fazemos parte desta distância que dilacera a "importância" que deveríamos As pessoas ficam preocupadas em legitimar a autenticidade das atitudes dos outros, quando poderiam usar este tempo em poder estender a mão a quem precisa de apenas um tempo com você. A falta de atenção e a superficialidade das relações tem levado muitos... a envergonhar-se e até atentarem contra a própria vida, ou mesmo adoecerem por terem a sua voz interior calada pela velocidade das coisas diante da pressa que impede a precisão de uma alma caridosa. Muitos tiram o corpo fora, inclusive eu em alguns momentos... mas todos fazemos parte desta distância que dilacera a "importância" que deveríamos inserir e receber das pessoas: por construir uma Sociedade cada vez mais carente, e por ecoarem em si a frequência radioativa que é captada pelo vírus da alienação. Hoje estou aqui feliz cheio de vida, mas sou capaz de reconhecer através das minhas experiências, de que somos instrumentos de nossas crenças; se hoje sou atento no que tange as afeições ou falta delas, é por que houve um instante na minha vida em que uma mão segurou a minha e me trouxe de volta; um sorriso me contagiou e regeu com maestria a força de meu coração; um abraço fora capaz de amortecer e trocar o meu desespero e dor... por um elan de esperança que resgata e faz emergir o entusiasmo. Uma coisa eu tenho plena certeza: Ficar de frente para qualidade das pessoas e conferir importância a elas produz muito mais frutos ao meio e as nossas relações, do que enumerar o pior delas e produzir a si próprio parte deste sentimentos; visto que deixamos os amargos e dissimulados confusos e reflexivos, e aos parcialmente generosos um sopro real do melhor que a vida pode dar e inspirar...Márcio Arruda